Dicas

Uma casa ... vestida de azul

Uma casa ... vestida de azul



We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

Nesta casa recém-construída, localizado em uma cidade próxima Madrid, o projeto de distribuição e design de interiores, realizado com cuidado pela decorador Rocío Olmo, defina as diretrizes de sua estética: uma decoração tranquila, cheia de estilo e personalidade. Os móveis das linhas atuais se alternam com peças exclusivas e modelos de design.
O selo de caráter é fornecido por combinações de cores arriscadas Eles foram escolhidos. Na zona diurna, um óleo azul intenso captura toda a atenção e traz serenidade e elegância em igual medida. O decorador combinou com sucesso esse tom pessoal com um Fundo em branco com notas douradas exclusivas e acessórios de couro e madeira selecionados, que subtraem a frieza com sua textura e matiz.
A sala de estar, muito iluminada, foi dividida em duas áreas que vivem em harmonia, apesar de mostrarem estética diferente: uma com detalhes contemporâneos na frente da outra, mais colecionada e clássica, ao lado da lareira. A flexibilidade na distribuição foi alcançada através do uso de peças auxiliares.
Rocío Olmo conseguiu unificar quartos no primeiro andar através da cor principal, azul, sem renunciar a que cada um deles conserva sua própria essência. Assim, a mistura de estilos se destaca no salão. Além disso, o jogo de linhas enriquece a decoração, combinando linhas retas com linhas mais sinuosas e arredondadas, presentes nos padrões florais escolhidos para o design de tecidos e móveis.
As faixas se estendem nas paredes da escada na primeira seção para se fundir com motivos mais delicados no distribuidor que organiza os quartos. Neste projeto, cheio de força, o espaço e a luminosidade de cada ambiente ajudam a alcançar o resultado desejado.

Publicidade - Continue lendo abaixo Habilidade cromática na sala de aula

O ousado azul petróleo reforça a autoridade com a qual os móveis são organizados na sala, distribuídos em duas áreas de estar. Um deles oferece um estilo mais contemporâneo - ideal para apreciar audiovisuais - e o segundo, em contraponto perfeito, com toques clássicos, que acompanham os momentos relaxantes à beira da lareira.
Sofá, desenhado pelo decorador Rocío Olmo e estofado em tecido de vinil, da Casamance. Mesa lateral Eileen Gray, em La Oca. Ao lado do sofá de capitoné, mesa de cabeceira, de Becara e abajur, de Zara Home.

Essência retrô

Nesta casa, a decoração é concentrada em cantos cuidadosos, nos quais as peças foram escolhidas com cuidado. Como exemplo, na sala de estar, uma composição encantadora: uma poltrona de couro e uma lâmpada de tripé, um velho holofote de cinema, adquirido em um mercado de antiguidades. Poltrona by Hanbel. Algumas fotos na parede são do House Doctor.

Um salão vintage

Acessórios selecionados e coberturas azuis dão boas-vindas a esta casa. Um sofá velho - que foi adquirido no Passage Privé e restaurado - articula o arranjo das peças no corredor. Seu estofamento, em tom neutro, destaca as linhas contornadas, que contrastam com as listras pintadas na parede. Almofadas, de Sanderson, à venda em Gancedo. As placas azuis são um design de Rob Ryan. Gaiola e espelhos, Zara Home. A prateleira no radiador é obra do decorador. Tapete, à venda em Urban Outfitters.

Duplicações e simetrias presidem um canto da reunião

Uma poltrona de couro, um sofá de veludo e um par de pufes vivem felizes nesta sala, organizada ao redor da lareira. O designer de interiores Rocío Olmo misturou vários detalhes em equilíbrio, como as vigas de madeira que emolduram a lareira, acompanhadas por dois espelhos dourados. Na parede destaca um papel geométrico muito sofisticado.
Sofá Capitoné, da Maisons du Monde. Almofadas por Sanderson. Mesa de centro, Antique Boutique. Poltrona, de Francisco Segarra. Luminária de pé, da Ikea.

Mistura de estilos

A escolha arriscada do tom da parede torna-se um sucesso neste espaço, graças à luz natural e às tonalidades dos móveis. O branco modera um ambiente em que peças atuais em aço e vidro com desenhos vintage coexistem em harmonia. No banco da composição modular: castiçais de ouro, da Nagel, em Chachi & Chachi. Vasos brancos, da Zara Home. Mesa de centro, à venda em Algumas Pessoas e Eu. O tapete de lã e seda é de Cotlin.

Mais elegância na decoração

O veludo eleva a atmosfera da área de coleta e proporciona um ar clássico, quase imponente, muito bem-sucedido e quente. Os discretos detalhes dourados (os espelhos, os módulos de parede, alguns acessórios e os pufes) multiplicam a sensação sem cair na ostentação. Os apoios para os pés de veludo com acabamento de aderência são um design decorativo. Espelhos com moldura dourada, da Hanbel. Luminária de teto, por Decodelia. O papel de parede é da Designers Guild.

Escada em duas seções

Neste projeto, a escada adquire relevância, convertida em outro elemento decorativo. O designer de interiores mudou para a cor azul para dar continuidade. Na área inferior, a que se comunica com a entrada, a mesma tinta listrada de duas cores foi mantida; enquanto na parte superior, perto dos quartos, a parede exibe um delicado modelo de papel de parede, de Nina Campbell.

A cozinha

Diáfano e com muito espaço central. A madeira do piso é estendida no mobiliário, que combina frentes em madeira com outras em branco. Várias luminárias pendentes de estilo industrial reduzem visualmente a distância entre o piso e o teto.

O quarto, um espaço pessoal

No quarto, na parede da cabeceira, o mural sugere uma janela aberta em direção a uma floresta em preto e branco. Nesse ambiente, a decoração se afasta dos dispositivos em busca de serenidade. Mural, por Amber Lettering. Roupa de cama, da Casa Alvarinho. Mesas de cabeceira e luminárias, da Kartell.

Banheiro

Um efeito oposto à serenidade do quarto é o que se busca em um dos banheiros, onde a cor vermelha afeta sua intensidade.

Avião e idéias

As chaves do estilo
- O piso de madeira de carvalho, idêntico em toda a casa, fornece calor. Essa base também valoriza o restante das cores.
- São precisamente os revestimentos de parede, teto e piso que criam um suporte claro para criar um estilo novo.
- A combinação de tecidos é um conforto extra e modera todos os ambientes.
- Neste projeto, móveis maiores têm alto valor decorativo e a distribuição é mais flexível através de várias peças auxiliares, como mesas, mesas de cabeceira e pufes.